Portes grátis para Portugal em compras superiores a 30€
  • Estudo da Universidade do Minho conclui que a cafeína aumenta os níveis de atenção

    A Universidade do Minho estudou os efeitos do café no cérebro em parceria com o Institute for Scientific Information on Coffee. Um investigador da Universidade do Minho (UMinho) mostra que quem bebe café com regularidade tem melhor controlo motor, maiores níveis de atenção e alerta. A cafeína tem “benefícios na aprendizagem e na memória”, divulgou …

    Mais
  • Café e diabetes tipo 2

    DIABETES TIPO 2 – O Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência, da Faculdade de Medicina de Lisboa (CEMBE) levou a cabo um estudo sobre a influência da ingestão do café e a incidência da Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) com resultados que se revelam uma nova esperança para os doentes. Neste estudo, ficou  …

    Mais
  • Café e o cancro

    CANCRO –  Ao analisarem 9 estudos sobre o tema, cientistas da Utah State University, nos EUA, concluíram que o consumo de café tem um feito protector contra o cancro da cabeça e pescoço. Foi verificado que quem ingeria quatro chávenas de café, por dia, apresentava um risco 39% inferior de ter a doença, em comparação com …

    Mais
  • Quantidade de cafeína por bebida

    A quantidade de cafeína consumida em bebidas varia bastante e depende, por exemplo, da intensidade da bebida e a quantidade consumida. Consulte o gráfico aqui…

    Mais
  • Consumo de café e risco de mortalidade

    Uma informação da ISIC – COFFEE & HEALTH revela que o consumo de café diminui o risco de doenças potencialmente mortais. Ver informação…

    Mais
  • Café e as doenças cardiovasculares

    DOENÇAS CARDIOVASCULARES – A cafeína é uma substância com vários efeitos e mecanismos de acção no tecido vascular. Segundo um estudo levado a cabo pelo Laboratorio de Investigaciónen Función Vascular, na Colômbia, este produto aumenta o cálcio intracelular estimulando a produção de óxido nítrico, nas células endoteliais. O óxido nítrico difunde-se para a célula do …

    Mais
  • Café e a hepatite C

    HEPATITE C – Um estudo coordenado no Instituto Nacional do Câncer de Maryland, EUA, sugere que o consumo de cafeína exerce efeitos hepatoprotetores em doentes com doenças hepáticas crónicas. Os investigadores concluíram que a ingestão de três chávenas de café ou mais, por dia, pode reduzir a actividade histológica em pacientes com Hepatite C.

    Mais
  • Café e as doenças neurológicas

    DOENÇAS NEUROLÓGICAS  – Como estimulante leve, o café aumenta a actividade do sistema nervoso central, resultando num estado de alerta e excitação, melhorando a performance em tarefas cognitivas que requerem rapidez ou vigilância e melhorando, também, a memória. Baseado nesta premissa, o CEMBE, levou a cabo um estudo exaustivo sobre a influência da ingestão do …

    Mais
Atualizando…
  • Nenhum produto no carrinho.